(11) 2592-1971
(11) 3801-8124 (11) 99779-1516 (21) 99507-7574
SEG A SEX 9h às 19h

Horário de atendimento: Seg a Sex 9h às 19h

Se preferir, entre em contato por e-mail

BLOG

Home » Brasil » Espanha: dicas essenciais para sua viagem ser inesquecível!
09/12/2021 - Publicado por Single Trips - Brasil

Espanha: dicas essenciais para sua viagem ser inesquecível!

Espanha é repleta de riqueza cultural, arquitetura e gastronomia. Com tantas atrações de sul ao norte, não poderíamos deixar de fazer um roteiro para lá.

Dessa forma, separamos as melhores atrações e as experiências mais inesquecíveis para conter em um roteiro único para o MELHOR da Espanha.

O resultado dessa viagem fantástica compartilhamos aqui neste artigo do blog. Leia até o final para conferir as dicas essenciais para um roteiro para Espanha.

PRIMEIRO DIA

image.png

Começamos a nossa viagem por Madri, o coração da Espanha. Centro intelectual e político de um vasto império, a cidade também já foi dominada por árabes e foco das artes sob monarcas das mais diferentes tendências.

e lá também partiram as ordens de uma Inquisição fanática, da supressão de identidades regionais, principalmente de bascos, galegos e catalães, além da evangelização forçada de nativos das Américas.

É exatamente esse passado rico e controverso que fez de Madri o que ela é hoje, a capital cultural de um dos idiomas mais falados do planeta, e de um país que luta para se manter unido e próspero.

Quanto ao nosso roteiro, chegamos e fomos recebidos por um almoço maravilhoso em uma taverna que nos serviu paella com a tradicional sangria. Fechamos nossa noite no centro de Madri.

SEGUNDO DIA

image.png

Dia de conhecer o Palácio Real, que é o maior e certamente um dos palácios mais impressionantes da Europa. Tem mais de 2 mil quartos luxuosamente decorados, sendo 50 os que podem ser visitados.

Localizado a leste do centro histórico de Madrid, sua construção começou em 1738 com base em um projeto do arquiteto italiano Juan Bautista Sachetti. Depois de 26 anos e três reis depois, o enorme palácio que cobre uma área de 135.000m2 foi concluído. Seria preciso outros 100 anos antes de todos os quartos serem decorados.

O almoço do dia foi uma típica paella em um restaurante tradicional madrilenho chamado Paella Real. E pela tarde, tivemos um passeio panorâmico de ônibus, percorrendo ruas famosas como o Paseo del Prado, o Gran Via, Praça de Espanha, Puerta del Sol, Netuno e Cibeles.

Também vimos a moderna Madri com suas largas avenidas como a Castelhana e Alcalá, além de ter visto a monumental Arena de Touros.

TERCEIRO DIA

image.png

Iniciamos nosso dia caminhando pela Gran Via e visitamos um museu incrível, um dos mais importantes do mundo, o Museu Thyssen-Bornemisza que reúne obras de vários períodos artísticos com artistas de grande renome como Pablo Picasso, Velázquez, Duccio, Van Eyck, Durero, Caravaggio, Rembrandt, Canaletto, Monet, Degas, Morisot, Van Gogh, Gauguin, Kirchner, Mondrian, O'Keeffe, Hoppe, Salvador Dalí, Juan Miró entre outros.

Pelo caminho encontramos mais uma menina de Velásquez, que estão por toda Madri, parecidas com "bonecas". É uma releitura muito bonita da obra de Velásquez "As Meninas", essa, em especial, em homenagem ao Brasil: a menina chamada Pátria Amada Brazil.

Essas meninas espalhadas por Madri são pintadas artesanalmente por artistas que perderam as mãos, e continuam fazendo seus trabalhos pintando com os pés e bocas.

Durante a noite, fizemos um walking tour, passando por vários pontos importantes de Madri como Plaza Mayor, Puerta del Sol, Mercado de San Miguel e Plaça Oriente.

Terminamos a noite em um espetáculo de jantar com show de dança flamenca, localizado embaixo das arquibancadas da Praça de Touros, a mais famosa arena de Touradas de Madri.

QUARTO DIA

image.png

Esse foi o dia de conhecer Alcalá de Henares, um município da Espanha com forte cunho histórico. Por lá se tem o registro da passagem dos romanos, árabes e judeus, mantendo suas raízes profundas no catolicismo.

Tivemos também o privilégio de visitar a Universidade de Alcalá, fundada em 1499 pelo Cardeal Cisneros. O local era constituído por um colégio maior, o de San Ildefonso, do qual dependia um grupo de colégios menores.

Alcalá viveu sua época de maior esplendor a partir do final do século XV, quando o Cardeal Cisneros criou a Universidade Complutense, origem da atual Universidade Complutense de Madrid (UCM) para onde foi transferida por Isabel II em 1836. Quevedo, Lope de Vega ou Calderón de la Barca são apenas alguns dos escritores da Idade de Ouro Espanhola que esta Universidade acolheu.

Em 1977, a Universidade retomou as suas atividades acadêmicas como Universidade de Alcalá. Por seu traçado urbano e seu conceito acadêmico, pode ser considerado o primeiro “campus universitário” do mundo.

Foi uma revolução em relação ao sistema universitário vigente e serviu de modelo para algumas das universidades posteriores, contudo, é hoje Patrimônio da Unesco.

Além disso, não podíamos deixar de visitar a casa de Miguel de Cervantes que fica em Alcalá. Miguel de Cervantes foi um romancista, dramaturgo e poeta castelhano. A sua obra-prima, Dom Quixote, muitas vezes considerada o primeiro romance moderno, é um clássico da literatura ocidental e é regularmente considerada um dos melhores romances já escritos. Intemporal, é o livro mais traduzido do mundo depois da Bíblia.

Conhecemos também uma propriedade que já foi refúgio subterrâneo dos monges franciscanos nos anos de 1550. Hoje com tradição de 5 gerações, a Adega de Jesus Dias e Filhos é uma tradicional, artesanal e premiada vinícola, onde também foi local de nosso almoço com combinação de caldos de carne, queijo de cabra, lombo defumado, pão espanhol e molho de tomate da receita secreta da família, além, é claro, de outros aperitivos e vinhos de vários tipos.

Encerramos nosso dia em Chinchon, município de Madri, que pertence à rede das Aldeias mais bonitas de Espanha. Preserva virtudes antepassadas de origem do povoado e também o idioma castelhano. E não podíamos deixar de experimentar a bebida tradicional local, o Chinchon, saboroso de anís com 70% de teor alcoólico.

QUINTO DIA

image.png

Toledo foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1986. Um merecido reconhecimento para uma cidade em que judeus, muçulmanos e cristãos deixaram a sua marca ao longo dos séculos.

A encantadora Toledo é um município da Espanha, um pouco ao sul de Madri, num departamento chamado Castilla-La Mancha.

É uma terra com forte relação com a arte na Espanha, já que o famoso pintor renascentista El Grego nasceu em Toledo, e o escritor Miguel de Cervantes tinha amigos e amores na antiga cidade murada, por isso a visitava constantemente.

Inclusive, a cidade é citada por Cervantes em algumas de suas obras. O artista chegou a dizer que Toledo era “a glória da Espanha”.

Outro nome pelo qual Toledo ficou bem conhecida foi a cidade das três culturas. Isso por conta das influências judaica, cristã e muçulmana que são parte da história da cidade, as principais religiões monoteístas do ocidente, que conviveram em Toledo ao longo dos séculos.

Foi esse misto de culturas que fez de Toledo um espetáculo arquitetônico e cultural único no mundo. A mais medieval e apaixonante de todas!

SEXTO DIA

image.png

Segóvia é uma cidade histórica a noroeste de Madri, na região de Castela e Leão, no centro da Espanha. Os séculos de ocupação resultaram em um abundante legado arquitetônico, incluindo muralhas medievais, igrejas românicas, um antigo palácio real e uma catedral gótica.

Podemos dizer que foi inesquecível nosso dia em Segóvia por vários motivos. Um deles é o tradicional e antigo aqueduto romano que tem mais de 160 arcos, sendo a maioria no granito sem argamassa original, que é um dos monumentos antigos mais importantes e mais bem preservados deixados na Península Ibérica pela civilização romana e que foi construído há mais de 2 mil anos.

Outro motivo foi pelo Alcázar, uma fortaleza incrível que inspirou os castelos da Walt Disney e onde foi o local que as forças de defesa se planejavam e protegiam Segovia dos inimigos, além de ser convertida em moradia real desde o século XIII.

Outro motivo também foi o Palácio de La Granja com jardins considerados superiores ao do Palácio de Versalhes. Mas, principalmente, foi por ver a alegria de quem estava vendo a neve pela primeira vez. Ver a alegria que não cabia no olhar de quem tentava capturar o máximo possível toda aquela paisagem, que por mais que tenham feito fotos lindas, como dizem por aqui, só quem viveu viu.

SÉTIMO DIA

image.png

As muralhas mais famosas da Espanha rodeiam a cidade de Ávila, declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Dentro das muralhas, descobrimos um conjunto excepcional de igrejas e palácios renascentistas.

Fundada pelos romanos, Ávila tem cerca de 2 mil anos. Passou pelas mãos de visigodos e árabes, até a reconquista cristã no século XI.

A cidade tem uma forte ligação com Santa Teresa, que nasceu em Ávila e fundou a Ordem das Carmelitas Descalças. Tem até doce típico com nome da santa: o yemas de Santa Teresa.

O convento de Santa Teresa foi construído onde ficava a casa dela, dentro da muralha. A história da santa também se estende ao Convento de San José e ao Monasterio de la Encarnación, onde viveu por mais de 20 anos, que ficam extra-muros.

Aliás, para quem gosta de visitar igrejas, Ávila é um prato de mão cheia. Por lá fica a Catedral del Salvador de Ávila, uma mistura de estilos românico e gótico; e a Basílica de San Vicente, que fica do lado de fora das muralhas. Construída em homenagem aos irmãos mártires Vicente, Sabina e Cristeta que teriam sido martirizados pelos romanos no século IV e seus corpos enterrados em uma rocha oca onde foi erguida a basílica.

Depois de retornar para Madri, finalizamos o nosso dia assistindo ao pôr do sol no terraço do El Corte Ingles.

OITAVO DIA

image.png

Visitamos Aranjuez e o Palácio de Primavera da realeza, Campo del Criptana com os moinhos de vento do século XVI de Dom Quixote, imersão total no mundo idealista de Miguel de Cervantes.

Experimentamos vinhos, queijos de cabra e muito mais.

NONO DIA

image.png

Nosso último dia livre em Madri. Nossa sugestão para aproveitar esse dia lindo de outono foi conhecer o Museu do Prado e o Museu da Rainha Sofia com caminhada pelo Parque Retiro.

No clima de despedida, conhecemos ainda os últimos cantinhos da cidade, obras de arte e cafés.

Ainda fizemos um jantar de despedida e gratidão, e conferimos a inauguração das Luzes de decoração de Natal da Praça Espanha. Que momento!

AGORA É SUA VEZ!

Se você se encantou por esse roteiro, aproveite que faremos novamente e venha com a gente. Nossa viagem será de 16 a 26 de março de 2022.

Para saber mais do roteiro, clique aqui.

Vem viajar com a Single!

Single Trips

COMENTÁRIOS

SOBRE

A Single Trips é uma agência de viagens para solteiros. Somos o caminho para quem quer viajar sozinho(a), mas com companhia!

SAIBA MAIS

NEWSLETTER

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail. Cadastre-se:

Arquivo